Amaciantes de água, o que são e quais são os riscos à saúde?

Os amaciadores de água são máquinas essenciais para a higienização das águas, pois são os responsáveis ​​por limpar totalmente o cálcio e o magnésio que se acumulam em todas as suas partículas.

Embora nem todas as pessoas saibam exatamente o uso e a definição dessas máquinas, é importante que tenham os conhecimentos necessários para tratá-las ou opinar sobre suas funções e características.

Por isso, vou contar-lhe todos os detalhes dos descalcificadores, porque também tem de se informar sobre esta fantástica e eficiente máquina. Leia com atenção e aproveite as informações!

O que é um descalcificador?

Um amaciante de água é uma máquina muito eficaz para remover o excesso de sais de cálcio e magnésio que se acumulam na água. Certamente já reparaste que, com algumas águas, é necessário adicionar mais sabão para conseguir uma boa espuma e uma limpeza correcta das roupas.

Essa particularidade é apresentada pela existência de magnésio e cálcio que se acumulam na água, o que dificulta a correta dissolução das demais substâncias; Como se não bastasse, é normal que a abundância de cal se localize tanto nas roupas quanto nos cachimbos.

amaciante

Você também pode ver nos potes que ficam com um resíduo esbranquiçado, esse tipo de água se chama água dura.

Em roupas de cor escura, é normal que a cal deixe algumas manchas difíceis de remover. Se você é do tipo que adorna lençóis brancos, não se esqueça que a água com cal tende a escurecer o tom desses vestidos e confere aos tecidos um aspecto envelhecido.

A cal obstrui a passagem da água, pois adere nas canalizações, afastada, atrasa o aquecimento da água, o que faz com que necessitemos de gastar mais energia para obter água quente sanitária em casa.

Você também pode estar interessado em .. 5 truques para manter seu cérebro em forma enquanto estiver em casa

Como funciona o descalcificador.

A descalcificação da água consiste em um processo no qual vários íons são trocados. Algumas resinas são utilizadas e os íons magnésio e cálcio que permanecem na água são capturados, eliminando-os de forma completa e eficiente.

Geralmente, a descalcificação tem três processos:

  • Troca de íons.
  • Desclassificação.
  • Regeneração.

No processo de troca iônica, a água cheia de cal e magnésio passa por uma resina que retém todos os íons liberados pelo cálcio e pelo sódio. O Sódio é um elemento que se caracteriza por ser mais solúvel que o Cálcio, com ele se evita alguns problemas de dureza da água e certas incrustações.

Agora, na descalcificação, a água que passou pela resina, retorna ao topo da coluna que contém um hidrômetro descalcificado quando a regeneração é necessária.

Por fim, é necessário comentar que a regeneração é essencial porque a quantidade de íons magnésio e cálcio que a resina coleta é limitada. Nesse sentido, quando a resina resiste a absorver mais cátions, ela deve ser lavada com uma solução que seja concentrada em sal comum e, assim, o problema é resolvido.

Embora seja considerado um processo simples, é importante ressaltar que os processos de amaciante de água resultam em uma água ideal para ser utilizada ao máximo nas atividades domésticas.

Perigos para a saúde com o uso de descalcificadores.

Para neutralizar os efeitos da água dura, vários proprietários optam por instalar um descalcificador para amaciar a água que contém resíduos de sódio. Com essa máquina, a água é descalcificada por meio da troca de íons por minerais que a torna um elemento “duro”.

Você também pode se interessar por .. Loção pós-solar ou creme pós-solar caseiro: barato, natural e ecológico

O magnésio e o cálcio na água são geralmente substituídos por sódio ou outros elementos químicos. É neste ponto que reside um dos maiores problemas: o uso de tratamentos químicos usados ​​nos sistemas tradicionais de remoção de cal.

Os amaciantes que trocam os íons, costumam retirar os dois elementos minerais da água, e não só isso, mas também podem colocar uma certa quantidade de sódio na água, o que não é recomendado para a nossa saúde e, se desejar Para consumi-lo, é preciso levar em conta um gasto adicional que seria instalar um equipamento de osmose reversa para, por exemplo, retirar aquele excesso de sal.

Em suma, os amaciantes de água que funcionam com o sal acabam com água com excesso de cloreto de sódio e podem causar problemas de saúde; também naqueles que carecem de bons minerais, como magnésio e cálcio.

O sal utilizado pode tornar-se um pouco corrosivo à instalação e, por fim, a água pode ficar um pouco salgada.

Porém, não é só isso, por exemplo, se tivermos plantas em casa, ao regá-las com a água salgada obtida desses sistemas, o sal acaba acumulando no solo e eliminando a vegetação.

Além disso, a água que o sistema desperdiça costuma ser água residual e carregada com alto teor de sal tratado, mas geralmente acaba se depositando no oceano ou mesmo em águas destinadas à irrigação, afetando um pouco a permeabilidade do solo. e causando inconvenientes de infiltração.

O excesso de sódio pode resultar na dissociação e dispersão do solo.

Ao consumir esse tipo de água, também podem ser gerados efeitos adversos à saúde, uma vez que pessoas que mantêm dietas com baixo teor de sódio não precisam de um suprimento extra desse elemento que acaba sendo absorvido pela pele durante o banho ou durante o banho. beber água potável.

Você também pode estar interessado em .. Vitamina D e Vitamina K

Por esses motivos, é importante que você tenha conhecimento suficiente sobre os processos realizados pelos amaciantes de água, pois você acabaria muito afetado pelos efeitos colaterais causados ​​pela água tratada ou por aquelas com alto teor de sódio e magnésio.

Lembre-se que é sempre importante manter um conhecimento claro sobre qualquer tipo de procedimento ou qualquer tipo de máquina com que iremos trabalhar em determinados momentos.

Amaciantes eletrônicos e magnéticos.

Existem vários amaciadores de água eletrónicos no mercado, mas na verdade não amaciam a água, mas o fazem ao não cristalizar, o que significa que não fica presa no tubo, pelo que são realmente descalcificantes.

Descalcificadores, o que são e quais são os riscos para a saúde 1

Já aqueles que trabalham com magnetismo, são diretamente uma farsa, não há evidências de que funcionem de alguma forma.

Comprimidos anti-calcários.

São pastilhas para, por exemplo, adicionar à lavagem de roupas em locais onde a água é muito dura, funcionam bem, mas não devem ser utilizadas na água para consumo humano, pois é difícil regular a quantidade de resíduos deixados na água.

Desincrustante sem sal.

Atualmente começam a surgir no mercado amaciadores sem sal que, ao contrário dos com sal, não retiram o cálcio e o magnésio necessários à nossa saúde e o que conseguem é mantê-los no estado líquido e não danificar os nossos tubos. ou eletrodomésticos, esses amaciantes de água possuem sistemas mecânicos, aliados a barras iônicas que tornam a água mais macia e adequada ao consumo.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais