Kombuchá: o que é e quais as propriedades e benefícios deste chá

O que é kombucha?

O chá de kombuchá ou kombuchá é uma bebida à base de chá fermentada no chamado cogumelo, embora seja na verdade um ecossistema de bactérias e leveduras.

Por esse motivo, é chamado de cogumelo da Manchúria, referindo-se à região da China de onde supostamente vem, e às vezes é escrito de maneiras diferentes que soam semelhantes a kombutxa ou cambucha.

O chá de Kombuchá vem da China, embora a origem exata do mesmo não seja totalmente clara, sabe-se que é de origem milenar e que no século 19 já era consumido na Rússia e foi introduzido no início do século 20 na Europa por volta de cientistas.

Kombuchá: propriedades e benefícios

O chá de Kombuchá se destaca pelas propriedades probióticas e pelos benefícios que proporciona ao trato intestinal. Muitas vezes, é comparado ao kefir de água, embora o kombuchá seja mais amargo, pois é feito de chá e não de água.

Além disso, os dois alimentos compartilham alguns benefícios e, em ambos os casos, as bactérias e as leveduras, neste caso muitas vezes chamadas de cogumelo kombuchá ou simplesmente kombuchá, apresentam certas diferenças.

como fazer kombuchá

O processo de fermentação do kombuchá é mais longo, pois leva de uma a duas semanas, enquanto o do kefir leva 24 ou 48 horas, e seu sabor é mais forte.

As propriedades do kombuchá a destacar são que esta bebida é probiótica e melhora a flora intestinal, limpa o fígado e fornece antioxidantes para todo o corpo.

Benefícios do Kombuchá

Os benefícios do chá de kombuchá para o corpo são:

  • É melhorado pelo sistema imunológico, graças às enzimas que contém.
  • Fornece antioxidantes e ajuda a desintoxicar toxinas do fígado e de todo o corpo.
  • Por ser um grande probiótico, melhora a digestão e fortalece a flora intestinal. Ativa os sucos gástricos e melhora todo o processo de digestão e absorção dos nutrientes dos alimentos.
  • Ajuda a emagrecer, graças às suas propriedades de limpar o corpo das toxinas e gorduras acumuladas.
você kombuchá

Como fazer kombuchá

Fazer o kombuchá é relativamente fácil, pois sua preparação não guarda grandes segredos. Você só precisa do cogumelo kombuchá, água (de preferência mineral ou de fontes naturais), açúcar (de preferência cana inteira ou açúcar mascavo) e chá.

Você também pode estar interessado em .. Glândula pineal. O que é, suas funções e como é ativado

Para isso, vamos colocar o cogumelo em um recipiente, de preferência uma grande jarra de vidro ou jarro. Em todos os momentos evitaremos o contato com o metal, pois pode alterar a química da mistura de forma negativa.

Fazemos chá, que pode ser preto, verde ou qualquer outro chá, embora não sejam variantes chamadas de chá, mas que na verdade são outras plantas (como o Rooibos, chamado de "chá vermelho sul-africano"). Deixamos esfriar, previamente coados e acrescentamos o açúcar. A proporção é de 120 gramas do adoçante para cada litro de chá.

kombucha o que é isso

Uma vez feita esta mistura, adicionamos o cogumelo kombuchá. Veremos que ele cresce cada vez que produzimos mais. Pode ser cortado, preferencialmente, com faca de cerâmica ou similar, ou revestido, como os usados ​​para que os frutos cortados não enferrujem.

Ao fazer o chá de kombuchá, no seu preparo, pode contaminar-se com outras bactérias, mas não representa um risco real, pois foi demonstrado que o próprio fungo se descontamina devido às suas próprias propriedades antibióticas.

Frutas podem ser adicionadas para melhorar o sabor, embora consumidas como estão também sejam deliciosas.

Contra-indicações de Kombuchá

Apesar de ser uma bebida bastante segura, o consumo do kombuchá tem algumas contra-indicações. Uma delas é que se trata de uma bebida levemente alcoólica, pois no processo de fermentação o açúcar acaba se transformando em substâncias etilicas.

Contém cafeína, pois é feito com chá. Portanto, não é recomendado para pessoas que sofrem de insônia, ou para pessoas que têm café ou chá contra-indicado.

propriedades kombuchá

O kombuchá pode causar efeitos colaterais, como diarréia, se consumido em excesso. Mas isso não é uma contra-indicação, mas um apelo ao bom senso.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais