Guaraná: benefícios, formas de uso e contra-indicações

A Amazônia em todo o seu esplendor, sem dúvida, oferece muitas coisas boas para o mundo. A sua rica paisagem e vegetação fazem dela o pulmão verde do mundo e o berço das diferentes plantas que fazem parte da cultura médica.

Uma cultura que se construiu graças às contribuições das civilizações pré-colombianas e que cresceu lado a lado com o desenvolvimento científico e tecnológico dos últimos séculos.

Inicialmente, o denominador comum destas plantas milagrosas era que eram principalmente produtos de cozinha, agradáveis ​​ao paladar e que os seus benefícios eram gradualmente reconhecidos à medida que eram consumidos.

O que é guaraná?

O guaraná é conhecido em todo o Brasil, por ser uma fruta vermelha brilhante, de um arbusto que pode crescer até 10 metros de altura e é produzido nas gloriosas terras do norte deste país.

guaraná

Sua família original é Sapindaceae e também é conhecida pelo nome técnico de Paullinia cupana. Seu nome tem etimologia regional, pois foi uma planta muito utilizada pelas tribos indígenas daquela região, nos diversos ramos da medicina, por seus impressionantes benefícios.

Propriedades de guaraná

O que torna esta fruta tão maravilhosa? Pois bem, nada mais nada menos do que a sua composição química, porque tendo um valor nutritivo tão elevado, tem um efeito positivo dentro do corpo, tornando-se um produto perfeito para os processos metabólicos que surgem.

Dentre as propriedades do guaraná, cabe destacar que o fruto é constituído, entre outras coisas, principalmente por:

  • Metilxantinas, os alcalóides conhecidos como cafeína ou teobromina
  • Um baixo teor de gordura
  • Baixas calorias
  • Contém uma grande quantidade de proteína
  • Fibras
  • Catecol
  • Ácido fólico

Em outras palavras, é um suplemento multinutriente que auxilia os processos de metabolismo e reestruturação e funcionamento celular. Isso traz enormes benefícios à saúde.

Benefícios de guaraná

Os benefícios iniciais descobertos foram desenvolvidos com o passar do tempo, portanto, os usos mais importantes dessas tribos foram:

  • É um insumo alimentar, com múltiplas propriedades nutricionais.
  • Pode cumprir a função de uma refeição completa, o que permitiria a eles (seus consumidores originais) manter a força corporal.
  • Para as tribos indígenas, esse era o seu alimento nos momentos difíceis, como secas, chuvas fortes e também nas cerimônias e ritos que praticavam.
Você também pode estar interessado em .. Lúpulo: propriedades medicinais, cultivo e contra-indicações do ingrediente estrela da cerveja

Porém, esse uso foi crescendo e de acordo com inúmeros estudos de diferentes universidades ao redor do mundo, seus benefícios são muito maiores, já que seu consumo é altamente recomendado nos seguintes casos:

  • Ideal em pacientes hipotensos, que precisam de uma dose para elevar a pressão arterial.
  • Ao nível do sistema nervoso central, estudos recentes revelam que esta fruta, devido ao seu elevado teor de vitaminas, é um bom estimulante deste sistema.
  • Ajuda a melhorar a memória, cognição, concentração e reduz extraordinariamente o estresse.
  • Além disso, o fato de conter cafeína em sua composição o torna o elemento ideal para emagrecer.
  • Este elemento é conhecido por sua propriedade de melhor metabolizar as gorduras.
  • Durante o exercício, reduz consideravelmente o acúmulo de ácido láctico, melhorando assim o desempenho atlético geral e a rigidez.

Em quais sistemas atuam seus benefícios?

O guaraná também atua e beneficia o sistema respiratório, pois seu uso é mediado na prevenção de crises e doenças asmáticas ao nível dos brônquios.

É ativado no sistema musculoesquelético como um poderoso analgésico para combater doenças generalizadas ou localizadas na cabeça, músculos, artérias, entre outras. Ao nível gástrico, participa ativamente do processo de digestão e assimilação, pois ajuda a melhorá-lo e assimilar melhor os alimentos consumidos.

Ao nível intestinal, faz com que sejam absorvidos de uma forma mais útil para o organismo e cumpram o seu ciclo nutricional de forma eficiente. Além disso, atua efetivamente na eliminação de todos os resíduos metabólicos, a nível diurético, deslocando do corpo todas as toxinas que são geradas no corpo.

Você também pode estar interessado em .. Salvia, propriedades, benefícios e contra-indicações desta planta

Os benefícios mais recentes encontram-se em estudos realizados em vários países onde se constata que é um grande protagonista e protetor das células.

É uma ferramenta fundamental no tratamento de pacientes com câncer de mama, que são submetidas a tratamentos quimioterápicos, já que o desgaste causado por essas sessões é compensado de certa forma.

Em suma, oferece um ramo de medicamentos que ajudam a combater as diferentes patologias que existem no mundo, fazendo um avanço significativo no plano medicinal, ou seja, sua inclusão na dieta vai melhorar a saúde do mundo.

Maneiras de usar guaraná

No início, os registros datam que essa fruta foi consumida pelas tribos originais, em forma de pó, que elas mesmas se prepararam para poder armazenar para aqueles períodos difíceis. Esse pó foi fabricado, esmagando a semente que brotou dele quando o fruto estava totalmente maduro.

Porém, como seu uso se disseminou no comércio mundial, é transportado para fora das fronteiras da América do Sul, na forma de bebidas e refrigerantes, balas ou suplementos, feitos a partir de extratos da mesma semente.

A forma mais fácil de encontrar guaraná hoje, sempre para uso terapêutico e nutricional, é em pó, tabletes e tabletes.

Atualmente começam a ser processados ​​na indústria farmacológica, para a emissão de medicamentos que combatam doenças comuns como as citadas e para uso em nível oncológico.

Contra-indicações do consumo de guaraná

As contra-indicações para o consumo do Guaraná se devem principalmente ao fato de ser consumido em grandes quantidades. Para quem seu uso é restrito?

Seu consumo é restrito principalmente em mulheres grávidas ou naquelas que estão nos meses de lactação, em bebês e crianças pequenas. Por ser um intensificador de tensão, não deve ser consumido por hipertensos.

Você também pode estar interessado em .. Menta: os benefícios impressionantes desta planta

O uso do guaraná não é recomendado para pessoas que estão em tratamento farmacológico ou com medicamento designado, pois pode interromper os efeitos do mesmo.

Pessoas com problemas renais devem evitar seu consumo, já que os efeitos colaterais são produzidos principalmente pelo alto teor de cafeína que possui, portanto seu consumo deve ser totalmente limitado.

O guaraná também deve ser evitado devido às suas contra-indicações, pessoas que sofrem de:

  • Doença cardíaca : a cafeína do guaraná pode causar batimento cardíaco irregular ou palpitações nas pessoas. Use com cuidado.
  • Pressão alta : Tomar guaraná pode aumentar a pressão arterial em pessoas com pressão alta devido ao seu conteúdo de cafeína.
  • Glaucoma : a cafeína do guaraná aumenta a pressão dentro do olho.

Por causar afecções ao nível do sistema nervoso, geradas pela cafeína como ativadora deste mecanismo funcional, pois acelera primeiro o indivíduo, provoca distúrbios de:

  • Bipolaridade
  • Ansiedade
  • Aceleração
  • Irritabilidade.
  • Outras

Alguns dos estudos utilizados para o artigo, em que esta fruta é discutida a nível medicinal:

  • Sobre ansiedade e guaraná: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23706111?dopt=Abstract.
  • Sobre ação cognitiva, humor e função cerebral: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24067387?dopt=Abstract.
  • Sobre ação cognitiva e fadiga mental: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18077056?dopt=Abstract.
  • Sobre overdoses de Guaraná: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16533867?dopt=Abstract.

IMPORTANTE : Estas informações têm como objetivo complementar, não substituir, o conselho de seu médico ou profissional de saúde e não se destina a cobrir todos os possíveis usos, precauções, interações ou efeitos adversos. Essas informações podem não se adequar às suas circunstâncias de saúde específicas. Nunca atrase ou ignore a busca de aconselhamento médico profissional de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado por causa de algo que você leu sobre coisas ecológicas. Você deve sempre falar com um profissional de saúde antes de iniciar, interromper ou alterar qualquer tipo de tratamento.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais