Óleo essencial de arnica, propriedades e usos

A arnica é uma planta que contém helenina, um analgésico e antiinflamatório natural. É por isso que esta planta é considerada uma das melhores plantas para o alívio da dor e é usada para feridas, arranhões, contusões e dores musculares, artrites, entorses e todos os tipos de danos à pele, músculos e tendões.

O óleo essencial de Arnica é obtido a partir da extração da essência desta maravilhosa planta.

É extraído de suas flores amarelas, que crescem em todo o continente europeu e parte da Ásia. Este óleo amarelado é obtido a partir dessas flores.

Outro de seus principais componentes, o timol, é um vasodilatador capilar que facilita o curso do fluxo sanguíneo.

Propriedades e usos do óleo essencial de arnica

Há já algum tempo que a arnica se tornou, graças às suas propriedades, um elemento essencial na mala de primeiros socorros ou na mala de primeiros socorros de muitas casas e viajantes.

Os benefícios do óleo essencial de arnica e suas propriedades concentradas o tornam um complemento perfeito para outros óleos essenciais para o tratamento de várias doenças.

Além disso, esse óleo essencial é utilizado na preparação de cremes e outros produtos para a indústria cosmética.

usa óleo essencial de arnica

Para que serve o óleo essencial de arnica?

Os usos mais comuns desse óleo essencial, além da criação de produtos cosméticos, são:

Para ferimentos. O óleo essencial de arnica é usado para lesões ou entorses. É um excelente aliado de atletas e desportistas, já que a ação é praticamente imediata. Também para acalmar o inchaço quando um osso se quebra. Para uso tópico, recomenda-se diluí-lo em um óleo veicular.

Você também pode estar interessado em .. As melhores plantas para aliviar a dor

Relaxante muscular. É precisamente por causa de suas propriedades antiinflamatórias que este óleo é muito útil para neutralizar dores musculares ou reumatismo.

Picadas de inseto. O óleo essencial de arnica pode ser usado (diluído) para acalmar os danos causados ​​pelas picadas de insetos, pois além de acalmar o inchaço, é um anti-séptico.

Regenerativo Este óleo é ideal para tratar problemas de pele como acne e eczema, desde que não sejamos alérgicos a esta planta.

Obs: Recomendamos o uso de óleo essencial de arnica sempre diluído. É sempre de uso tópico, ou seja, na pele. Existem comprimidos à base de arnica que podem ser ingeridos, mas não é o caso do óleo essencial, que contém uma concentração de componentes que podem ser tóxicos.

Contra-indicações

O óleo essencial de arnica é um dos poucos óleos essenciais que não é recomendado para uso em aromaterapia. Isso ocorre porque é um óleo altamente concentrado e pode ser tóxico quando inalado.

A helenina pode causar reações alérgicas. Portanto, é recomendável fazer um teste antes de aplicar em uma área danificada. Este teste, sempre com o óleo essencial diluído em óleo carreador ou outro tipo de óleo mais macio que os essenciais, pode ser realizado em qualquer área sã da pele.

propriedades do óleo essencial de arnica

Devido à sua alta concentração, o óleo essencial de arnica não é recomendado para gestantes, mães que ainda amamentam ou crianças menores de 4 anos. Em qualquer caso, se você não está convencido sobre o uso ou não deste produto, pergunte ao seu médico ou pediatra para esclarecer quaisquer dúvidas a respeito.

Você também pode estar interessado em .. Óleo de rícino: Benefícios, utilizações e toxicidade

Pessoas com pele sensível devem evitar o uso deste óleo, pois pode causar irritação.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais