Alcaçuz para saúde digestiva e respiratória

O alcaçuz, cujo nome científico é Glycyrrhiza glabra, é uma planta da família Fabaceae. Esta, presente em várias partes do mundo, se destaca pelo uso de sua raiz para tratar enfermidades desde a antiguidade, bem como para preparar doces.

Hoje é usado para fazer balas, gomas, balas, bebidas e confeitaria. E também, a raiz de alcaçuz crua é usada para limpar os dentes, criar pastas de dente, fazer infusões ou simplesmente consumir e extrair sua doçura diretamente do palito.

Propriedades de alcaçuz

Para conhecer e compreender as propriedades do alcaçuz, vale a pena rever seus princípios ativos e seus benefícios. Entre esses princípios ativos do alcaçuz estão os flavonóides e as saponinas.

Os flavonóides têm propriedades antiespasmódicas, antibióticas, digestivas e curativas. As saponinas, entre outras coisas, também curam.

A glicirrizina, outra das substâncias que compõem o alcaçuz, tem propriedades antiinflamatórias, expectorantes, antitússicas e calmantes.

alcaçuz

Benefícios de alcaçuz

Os principais usos do alcaçuz são no tratamento de problemas do sistema digestivo e respiratórios, mas também para outras condições.

Aparelho digestivo. As propriedades do alcaçuz para problemas relacionados ao sistema digestivo são bem conhecidas.

Entre essas doenças, a raiz é muito eficaz para azia, sensação de peso por uma refeição excessiva ou abundante, gases, cólicas, úlceras gástricas. O alcaçuz ajuda a curar e regenerar a mucosa digestiva.

Aparelho respiratório. Problemas respiratórios podem ser combatidos com as propriedades do alcaçuz. Esta planta é usada para bronquite, tosse, faringite e outras inflamações. Além de calmante e expectorante, combate bactérias patogênicas.

propriedades de alcaçuz

Deixar de fumar. Os bastões de alcaçuz são usados ​​para parar de fumar, pois acalmam a ansiedade e fornecem desintoxicantes que irão limpar a nicotina do sangue.

Você também pode estar interessado em .. Benefícios e propriedades da alfazema

É utilizado também, tanto a própria raiz, em infusão, quanto seus preparados em creme, para bolsas sob os olhos e revitalizar a pele. E suas propriedades antibacterianas melhoram a saúde bucal.

Infusão de alcaçuz

A infusão de alcaçuz é uma das formas mais adequadas de consumir esta planta para todos os tipos de pessoas, pois esta forma de ingerir pode ser mais agradável para quem não gosta ou não sente repulsa pelo sabor a anis tão característico da raiz.

Para fazer a infusão de alcaçuz vamos usar uma colher de café com raiz picada para cada copo d'água. A proporção pode ser aumentada um pouco, mas com essa quantia teremos mais do que suficiente.

Aquecemos a água e adicionamos o alcaçuz. Antes que a água ferva, desligamos. Se quisermos acrescentar outra planta, como a hortelã, acrescentamos depois de desligar o fogo (as folhas das outras ervas não devem ser fervidas para fazer infusões).

Deixamos descansar de 3 a 5 minutos e pronto, podemos beber. Podemos beber infusão de alcaçuz até 3 vezes ao dia.

O alcaçuz engorda?

Existe uma confusão sobre se a raiz de alcaçuz engorda ou não. Isso ocorre porque muitos doces feitos com essa planta também contêm uma grande quantidade de açúcar refinado.

Embora a raiz de alcaçuz tenha açúcares, ela não contém o suficiente para ser considerada engorda, mas produtos industriais baseados nela sim.

Contra-indicações de alcaçuz

infusão de alcaçuz

Existem alguns casos em que existem contra - indicações para o uso ou consumo de alcaçuz. Um desses casos é durante a gravidez, pois a raiz de alcaçuz pode contribuir para o aborto ou parto prematuro no final da gravidez.

Você também pode estar interessado em ... Absinto, uma planta com muitas propriedades medicinais

Além disso, estudo realizado por cientistas finlandeses e publicado no American Journal of Epidemiology conclui que seu consumo também pode afetar o desenvolvimento cognitivo do bebê, ou mesmo trazer sequelas psiquiátricas em crianças pequenas cujas mães consumiram a raiz em excesso.

Aparentemente, na fase de lactação também existem riscos. Nesse caso, não cognitivo, mas hormonal, do desenvolvimento do bebê.

Também pode causar retenção de líquidos, especialmente nos tornozelos.

Pessoas que sofrem de hipertensão ou diabetes também devem evitar o consumo dessa raiz, pois ela pode causar problemas de aumento da pressão arterial e aumento dos níveis de glicose no organismo.

Outro problema relacionado ao consumo excessivo dessa raiz é a redução considerável dos níveis de potássio no organismo.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais