Glândula pineal. O que é, suas funções e como é ativado

Funções da glândula pineal

A glândula pineal é uma glândula encontrada no cérebro e sua importância biológica é muito alta, já que uma das principais funções é a responsável pela secreção de melatonina.

A melatonina é um hormônio que está presente no sangue e é responsável pelo processo do sono e do ritmo circadiano, ou seja, pelas diferentes mudanças de estados que nosso corpo sofre ao longo do dia. Esse hormônio também possui princípios oncostáticos, geroprotetores e antioxidantes.

Diz-se que esta glândula, muito pequena por ter o tamanho aproximado de uma semente de girassol, serve para se abrir a diferentes estados de consciência e é de vital importância para ativar a criatividade.

Juntos, a glândula pineal e o hipotálamo controlam o desejo sexual, a sede e a fome. Da mesma forma, o relógio biológico que marca o tempo e o progresso de uma pessoa também é controlado por essa glândula e pela área do cérebro responsável pelo sistema nervoso.

funções da glândula pineal

Como ativar a glândula pineal naturalmente

A glândula pineal e suas funções permanecem ativas em pessoas saudáveis, mas quando há excesso de estresse, bem como ansiedade ou medo, podem ocorrer bloqueios.

Está presente em todos os vertebrados e, segundo diferentes tradições místicas e espirituais, dada a sua importância para a relação espaço-tempo, é a janela do terceiro olho.

Ele pode ser ativado com a prática de respiração consciente, atenção plena, ioga e meditação. Essas atividades, embora não sejam nada iguais, têm em comum que exercitam a mente para estar em paz consigo mesmo e isso estimula a atividade da glândula e a normalidade de suas funções, principalmente a secreção de melatonina.

Você também pode estar interessado em .. Pomada curativa. Creme anti-séptico caseiro e natural

Outras formas de ativar esta glândula podem ser ficar no escuro com os olhos abertos, assim como atividades cotidianas como cantar, rir e sorrir também ativam a região e a secreção de melatonina, embora nunca cantar e estar de mau humor podem bloquear ou inibir as quantidades de secreção desse hormônio.

Às vezes, para problemas como insônia e outros tipos de distúrbios do sono, os médicos recomendam suplementos de melatonina. Embora sejam até endossados ​​pela British Society of Psychopharmacology, que os recomenda em relação a qualquer outra droga para o sono, o mais importante é ver por que essa alteração ocorre em nossa secreção normal.

Talvez isso possa ser resolvido mudando alguns hábitos ou dedicando cerca de 10 minutos por dia à meditação e relaxamento.

A infusão de erva de São João (Hypericum perforatum), popularmente conhecida como erva de São João, é um estimulante natural da glândula pineal, além de um antidepressivo natural, atuando diretamente nos distúrbios do sono, ataques de pânico e outros, mas muito importante para ajudar a ativar esta glândula pineal junto com relaxamento e meditação.

A música é outra forma que temos de ativar essa glândula, principalmente quando se trata de uma música harmoniosa, pois do contrário criará tensão. A música clássica, assim como a música de fundo, ajudam a relaxar a mente e a iniciar esta glândula.

Você conhece outra maneira de ativar esta glândula? Deixe nos comentários!

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais