Pitaya, o que é? Propriedades e como comê-la

O que é pitaya?

Pitaya, também transcrita pitahaya (ou erroneamente pitalla), é o nome dado ao fruto das duas espécies de cacto Hylocereus e Selenicereus. Um dos nomes mais difundidos para esta fruta hoje também é fruta do dragão.

Pitaya, o que é? Propriedades e como comê-la 1

A pitaya é nativa da zona tropical do continente americano, especialmente do norte da América do Sul e grande parte da América Central e do Caribe

Tendo tido uma grande recepção com a sua exportação, atualmente é cultivada também em outras partes do mundo muito adequadas para a sua produção, principalmente em países asiáticos, como Vietnã, Tailândia e Malásia, e até mesmo em Israel.

O nome vem do Taíno, língua falada no Caribe, e significa “fruta com escamas”, referindo-se à aparência escamosa da casca da fruta.

Os principais produtores mundiais dessa fruta são a Colômbia (pitaya vermelha) e o Equador (pitaya amarela), e o principal destino é, além do consumo local, a exportação para o mercado mundial.

Como curiosidade, deve-se observar que os consumidores europeus de pitaia preferem a pitaya vermelha, enquanto os asiáticos preferem a pitaya amarela.

Propriedades do pitaya ou pithaya

Dentre as propriedades da pitaya, encontram-se diversos nutrientes, além de elementos diretamente medicinais.

A fruta do dragão ajuda a diminuir os níveis de ácido úrico presentes no sangue e previne a gota, doenças associadas a uma dieta inadequada, consumo de álcool e outras coisas que aumentam o nível deste ácido no sangue.

Por ser uma fruta com propriedades laxantes e muita fibra, a pithaya auxilia no trânsito intestinal. Portanto, é um bom antídoto, além de saboroso, para a constipação.

Você também pode estar interessado em .. Tudo sobre a dieta mediterrânea

Outra das propriedades medicinais da pitaya é que contém captina, uma substância que funciona como um tônico natural para o coração e ajuda a relaxar o sistema nervoso.

Outros benefícios da pitaya são a quantidade de nutrientes presentes nesta fruta como as vitaminas C e alguns do grupo B, com destaque para a riboflavina (vitamina B2) de vital importância para o crescimento do organismo e a produção de hemácias.

propriedades pitahaya

Além disso, entre suas propriedades, encontram-se alguns minerais como cálcio, fósforo, ferro e é uma fonte rica em proteínas vegetais.

As sementes da fruta do dragão, que também são comestíveis, contêm entre suas propriedades diversos ácidos graxos benéficos à saúde.

E se isso não bastasse, a seiva da planta dissolvida em água quente é usada para aliviar as dores relacionadas ao cansaço dos pés.

Como comer fruta do dragão

A Pitaya, com seu sabor requintado, pode ser consumida de diversas maneiras. Como fruta central, além de ser muito bonita esteticamente, é muito fácil de comer. É cortado ao meio e está pronto para ser degustado, o que o torna uma sobremesa em si. Você come tanto a polpa quanto as sementes dessa deliciosa fruta.

Outra forma de consumi-lo normalmente é em smoothies. Devido à sua textura agradável e sabor único, pode ser batido sozinho ou com alguma outra fruta.

Podem ser feitos com pitaya, além de todo tipo de sobremesas, como bolos, sorvetes, e você pode até fazer geléia de fruta do dragão.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais