Óleo essencial de erva-doce: propriedades, usos e benefícios

O óleo essencial de anis é extraído das sementes desta planta, a erva-doce, cujo nome científico é Pimpinella anisum, que desde tempos imemoriais é utilizada para a produção de licores, gravuras, sobremesas, doces e biscoitos.

Existe também uma variante, embora não relacionada, cujas sementes se distribuem em uma fruta em forma de estrela e que é conhecida como anis estrelado. Illicium verum é o nome técnico para isso.

Tanto o anis estrelado quanto o verde extraem suas essências para a criação deste produto.

uso de óleo essencial de erva-doce

Diferenças entre esses dois tipos de anis

O anis verde ou Pimpinella anisum é uma planta mais próxima da salsa e típica do Mediterrâneo e da Ásia Central. Suas sementes são semelhantes ao funcho, por isso são frequentemente confundidas, e tem um sabor que lembra o de alcaçuz.

O anis estrelado ou Illicium verum, por sua vez, provém de um arbusto completamente diferente do extremo oriental da Ásia, que não tem nenhum tipo de relação filial com o anis verde. Seu fruto com sementes é o que se consome e de onde é extraído o óleo essencial.

Ambas as plantas, entretanto, compartilham algumas propriedades medicinais, como, por exemplo, são ótimas para vários problemas ou desconfortos digestivos, para acalmar o sistema nervoso, e ambas contêm anetol, seu principal componente.

Extração de óleo essencial de erva-doce

O óleo essencial de anis é obtido a partir da destilação a vapor das sementes e, no caso do anis estrelado, também dos seus frutos maduros.

Óleo essencial de anis verde ou estrelado: propriedades, usos e benefícios

O óleo essencial de anis, tanto o que é extraído do anis verde quanto do anis estrelado, é composto de 80 a 90% de anetol. Outros elementos que se encontram em maior proporção em sua composição química são o limoneno e o estragol.

Você também pode se interessar por .. Purslane, uma planta que não vale nada e serve para tudo

Devido a sua composição química, o óleo essencial de erva-doce é um excelente aliado no combate a diversas enfermidades.

  • Sedativo e relaxante. É amplamente utilizado para acalmar o sistema nervoso, para neutralizar espasmos involuntários e semelhantes. Isso se deve a alguns de seus compostos químicos, como eugenol, linalol e timol.
  • Anti-séptico natural. O óleo essencial de erva-doce contém propriedades anti-sépticas, por isso pode ser usado para limpar, curar ou proteger feridas, danos à pele e infecções.
  • Analgésico. Seus componentes tornam esta essência ideal para o alívio de dores musculares, problemas nos tendões ou artrite.
  • Ciclo menstrual. A composição do anetol serve para tratar o ciclo menstrual irregular, pois é um estrogênio natural e antiespasmódico.
  • Digestivo. As propriedades relaxantes do anetol são bem conhecidas, assim como seus benefícios para o sistema digestivo e para neutralizar espasmos estomacais, cólicas ou gases, além de favorecer o trânsito intestinal regular. Isso porque contém carminativo, que estimula a expulsão de gases.
  • Descongestionante. Este óleo é um descongestionante e expectorante. O melhor uso, nesses casos, é através de um difusor.
óleo essencial de propriedades de anis

Benefícios e usos do óleo essencial de anis

Para a pele e o rosto. O anis estrelado apoia a produção natural de colágeno. É por essa razão que alguns o chamam de "botox natural". É usado para tratar rugas e para regenerar a pele. Também provou ser muito eficaz para a pele lisa. Seu uso é comum em máscaras faciais, ou diluído em um óleo carreador.

Para o cabelo. Uma das aplicações mais comuns do óleo essencial de erva-doce é para o cuidado do cabelo. É usado para revitalizar o couro cabeludo, combater a caspa e dar maciez e brilho aos cabelos danificados ou ressecados, bem como pontas quebradas.

Você pode também estar interessado em .. Como fazer gel de Aloe Vera

Nunca deve ser adicionado puro, mas deve ser usado diluído com um óleo veicular. Para isso, vamos misturar cerca de quatro gotas com uma colher de sopa do outro óleo.

Também é usado, como outros óleos essenciais como a árvore do chá, para combater ou prevenir a pediculose em crianças.

Para o sistema digestivo. O óleo essencial de erva-doce é um grande aliado para problemas de digestão, flatulência e gases. Também para neutralizar uma refeição abundante e pesada, ou um corte digestivo. Nestes casos, você pode usar a mesma diluição de 4 gotas por colher de sopa e esfregar na barriga.

óleo essencial de erva-doce para a pele

Contra-indicações

O uso de óleo essencial de anis não é recomendado em mulheres grávidas, lactantes ou crianças pequenas. Recomenda-se aplicar sempre baixado em óleo veicular. E é muito importante testar previamente em uma área de pele sã para verificar se não sofremos de nenhum tipo de alergia.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais