Plantas carnívoras, tipos e cuidados

O que são plantas carnívoras

Plantas carnívoras é o nome usado para classificar espécies que crescem endemicamente em áreas com baixo teor de nitrogênio e se alimentam de insetos, por isso são também chamadas de plantas insetívoras.

Hoje, muitas dessas espécies são cultivadas em viveiros para uso ornamental e interno.

Embora sejam semelhantes em termos alimentares e alguns até em aspectos, as diferentes espécies ou tipos de plantas carnívoras obtêm o seu alimento, ou melhor, "caçam", uma vez que se alimentam de animais insetos, protozoários e artrópodes, com mecanismos diversos, e alguns deles compartilham vários mecanismos.

Os mecanismos que as plantas carnívoras usam para se alimentar são garras, cabelos pegajosos ou tentáculos e armadilhas. Essas armadilhas são diversas, como no caso do jarro ou das plantas de queda, por meio de uma espécie de recipiente onde caem as presas, ou no caso do gênero Utricularia, que possui o mecanismo de caça mais complexo e rápido de todas as plantas carnívoras. .

Espécies e tipos mais comuns de plantas carnívoras

Existem centenas de tipos e espécies de plantas carnívoras, algumas das mais importantes ou populares, bem como as seguintes 3 sendo as mais adquiridas:

Dionaea muscipula ou vênus flytrap

Esta espécie é conhecida tanto pelo nome científico Dionaea muscipula quanto pelo nome mais coloquial de vênus flytrap, sendo a única espécie no gênero Dionaea.

Esta planta carnívora se alimenta principalmente de insetos e aranhas.

dionaea muscipula

Assim como a Aldrovanda vesiculosa , possui um mecanismo de garras para se alimentar, muito característico das plantas carnívoras.

Ele pega a presa e pode demorar mais de um dia dirigindo-a, estimulado pelos próprios movimentos do inseto para a secreção dos sucos digestivos. Ele é mantido fechado até terminar de digerir a presa e, uma vez que a digestão é concluída, ele abre suas garras novamente esperando pela próxima presa.

Você também pode estar interessado em .. Idéias para ter animais de estimação ecológicos

Heliamphora

Heliamphora não é uma espécie, mas um gênero composto por mais de vinte espécies. Eles são endêmicos ao norte da América do Sul, principalmente Venezuela, Guiana e parte do norte do Brasil.

Heliamphora

As mais importantes são as seguintes espécies: Heliamphora chimantensis, Heliamphora ciliata, Heliamphora elongata, Heliamphora ex appendiculata, Heliamphora folliculata, Heliamphora glabra, Heliamphora heterodoxa, Heliamphora hispida, Heliamphora e hubhora ionas, Heliamphora Ionasi Heliamphora uncinata.

Suas flores têm formato cilíndrico que funciona como uma armadilha que atrai, captura e digere insetos.

Aldrovanda vesiculosa

A Aldrovanda vesiculosa é a única espécie que existe atualmente do gênero de planta Aldrovanda. É uma planta carnívora aquática típica da Austrália e da Europa.

planta carnívora

Esta erva vive em água doce e não tem raízes e, tal como a Dionaea muscipula, prende a sua presa com uma espécie de pinça que funciona como elemento de caça e digestivo.

Cuidando da planta carnívora

O cuidado com as plantas carnívoras é diferente de outras plantas. Recomenda-se nunca molhar as folhas na hora de regar, e ao invés de regar é preferível colocar o vaso em uma bacia e deixar agir por uma hora.

Este processo é realizado a cada 3 ou 5 dias, devendo ser utilizada água filtrada ou de origem natural. A água da torneira deve ser evitada por causa dos componentes que geralmente contém, como cal e cloro, que podem ser prejudiciais às plantas carnívoras.

Outra coisa a ter em conta é que o vaso e o solo onde está plantado nunca devem ser inundados, pois pode facilmente se afogar, por isso a melhor forma de hidratar o solo é com um banho de maconha.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais