Cosméticos naturais: 12 óleos vegetais para substituir agentes químicos

Os cosméticos que costumamos encontrar em farmácias e supermercados costumam ser caros e cheios de toxinas indesejáveis, desde um simples xampu até um hidratante ou protetor solar. O pior é que muitos desses produtos comerciais não cumprem o que foi prometido, mas antes desse cosmético as pessoas sabiam usar as hortaliças disponíveis, com segurança e bons resultados, hoje na Ecocosas coletamos parte dessa informação, para oferecer uma alternativa de Cosméticos naturais ao alcance de todos. Muitas das empresas que fabricam esses produtos são conhecidas por testá-los em animais. É por tudo isso que os cosméticos naturais são uma boa opção para a saúde, economia e não promovendo o abuso animal.

O que é cosmético natural?

São produtos elaborados com ingredientes de origem natural, isentos de produtos químicos, parabenos, metais pesados ​​e diversos agentes tóxicos provenientes da síntese química de elementos. Alguns desses cosméticos naturais são infinitamente superiores em qualidade e resultam nos melhores produtos criados em laboratório, sem efeitos colaterais e sem prejudicar o planeta ou os animais.

Mas cuidado, a palavra "natural" não é totalmente regulamentada pelos agentes de controle de saúde e produtos (se houver). E é que hoje os mesmos laboratórios convencionais estão produzindo produtos e rotulando aqueles que são carregado com toxinas.

óleos essenciais de cosméticos naturais

Diferenças entre produtos naturais, orgânicos e sem produtos químicos

  • Natural: embora o termo não seja regulamentado, nem todos os produtos com a palavra "natural" em seus rótulos são scams. O que você deve fazer é ler os ingredientes, é aqui que as coisas ficam um pouco complicadas para nós, já que os nomes científicos de alguns ingredientes naturais podem parecer sintéticos. O cloreto de sódio é simplesmente sal marinho, por exemplo, e o ácido cítrico é um composto encontrado em limões e outras frutas cítricas. Lembre-se de que eles são ordenados da porcentagem mais alta para a mais baixa, então tente escolher um produto com os ingredientes Os sintéticos estão principalmente no final da lista, se forem incluídos.
  • Orgânico: termo que significa que os ingredientes são cultivados organicamente e, portanto, sua produção tem sido o mais respeitosa possível com o planeta; É regulamentado pelo FDA e por diferentes entidades certificadoras de acordo com sua origem. O tema desta certificação é que para obtê-la é necessário cumprir um percentual mínimo de produtos orgânicos, não necessariamente 100% de seus componentes. O selo do USDA é ideal, pois significa que o produto contém pelo menos 95% de ingredientes orgânicos.
  • Livre de produtos químicos: Isso significa que um produto não contém nenhum ingrediente de fabricação humana, ele é feito de elementos ou compostos 100% naturais. Ainda assim, não precisa ser necessariamente orgânico.
Também pode interessar a você. Remédios naturais para a ansiedade como uma alternativa aos ansiolíticos

Encontramos também rótulos VEGAN , para nos informar que o produto está isento de componentes de origem animal e CRUELDADE , para destacar que o produto não foi testado em animais.

E desta vez são óleos comuns se adicionarmos alguns óleos essenciais a isso podemos obter um kit completo de cosméticos naturais, como já vimos em outras ocasiões, por exemplo quando falamos de filtros solares naturais.

12 óleos vegetais para o seu kit de cosméticos naturais:

Óleo de Amêndoa : hidratante e emoliente, este óleo atua como revitalizante e ajuda a dar elasticidade à pele. Muito utilizados na prevenção de estrias na gravidez, podem ser utilizados na hidratação diária da pele. É uma boa escolha como removedor de maquiagem facial. Também auxilia no tratamento anti-rugas e como loção pós-sol.

Óleo de Abacate (Abacate) : Muito nutritivo, rico em vitaminas e minerais. Inibe a formação de radicais livres, ajudando assim a reduzir os sinais de envelhecimento. Nutre e restaura as escamas capilares, penetrando até na medula capilar.

Óleo de gérmen de trigo : é um antioxidante e, como tal, combate os radicais livres, que retardam o envelhecimento. É útil na cicatrização de queimaduras e pele, graças ao seu alto teor de vitamina E. Também pode ser usado para hidratar joelhos e cotovelos secos. Outra função é prolongar a vida de outros óleos, como os usados ​​para massagens, adicionando um pouco de germe evitamos que outros óleos fiquem rançosos.

Óleo de Jojoba : indicado para todos os tipos de pele, pode ser útil principalmente no tratamento de acne e pele inflamada, pois ajuda a controlar o excesso de oleosidade da pele. Também estimula a renovação das células da epiderme e o crescimento de novos cabelos.

Você também pode estar interessado em .. 5 propriedades do óleo de coco que você não pode perder

Óleo de Semente de Uva : É usado no combate à celulite e estrias, auxilia na elasticidade dos tecidos, reduz a inflamação e o edema. O óleo desta semente também é adequado para uso no rosto e pode ser usado até mesmo na pele com acne.

Óleo de Gergelim : Rico em vitamina E, combate os radicais livres e auxilia nos processos de regeneração da pele. Também aquece e energiza o corpo quando usado em massagens e ajuda no tratamento da flacidez.

Óleo de Andiroba : O óleo desta árvore, nativa da América do Sul, pode ser usado para picadas de insetos, feridas e espinhas. Também é usado como um repelente muito eficaz.

Óleo de Rosa Mosqueta : Atenua linhas de expressão, rugas e mantém a hidratação da pele. Tem o poder de regenerar tecidos e é utilizado no tratamento de manchas causadas por exposição excessiva ao sol, cicatrizes cirúrgicas, queloides, acne e queimaduras.

Óleo de Girassol : Hidrata e regenera os tecidos, este óleo é muito bom para a pele seca. É rico em vitamina E, previne o envelhecimento e tem ação antioxidante. Possui propriedades antiinflamatórias, nutre e reestrutura a epiderme seca.

Óleo de Copaíba : Recomendado para pele seca e como agente cicatrizante. Este óleo também é recomendado para queimaduras.

Azeite : Atua como anti-rugas, hidratante e suavizante para a pele seca. É adequado para as partes mais desidratadas do corpo, como cotovelos e joelhos.

Óleo de Argan : conhecido por fortalecer e prevenir a queda de cabelo. Também promove o crescimento do cabelo e é usado para restaurá-lo após danos causados ​​por produtos químicos, como tintas. Também é bom para a pele, recomendado em casos de acne e psoríase, retarda o envelhecimento da pele e ajuda a prevenir as estrias da gravidez.

Óleo vegetal de argão orgânico

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais