Erva de São João ou Erva de São João, Benefícios, Como Usar e Contra-Indicações

Esta planta medicinal é conhecida por ser um antidepressivo natural que ajuda muito as pessoas que a consomem. Ele também tem várias propriedades terapêuticas que o tornaram uma erva muito popular.

A erva de São João é também conhecida como erva de São João, seu nome científico é: hiperucum perforatum.

Na Grécia antiga havia um médico chamado: o grande Dioscórides, esse homem guardava e estudava cada uma das propriedades que a erva de São João tinha e os usos medicinais que as pessoas costumavam dar a ela. Isso significa que a erva é usada há milhares de anos.

A erva se caracteriza por ser uma erva que possui princípios muito ativos que são interessantes por proporcionarem efeitos terapêuticos na saúde das pessoas, são eles: flavonóides, óleos essenciais, taninos, hipericina e hiperforina.

Erva de São João ou Erva de São João, Benefícios, Como Usar e Contra-Indicações 1

Normalmente, as flores da erva de São João são usadas para preparar remédios caseiros. Neste artigo você encontrará todas as informações de que precisa para conhecer as propriedades da erva de São João, seus usos e benefícios para o ser humano. Da mesma forma, você levará em consideração as contra-indicações que possam surgir.

Nesse sentido, é importante ressaltar que a erva de São João é uma planta medicinal amplamente estudada por diversos especialistas em todo o mundo, e tem como atividade medicinal: vermífugo, anti-séptico, antiviral, antiespasmódico, digestivo, expectorante, antibiótico, Vulnerário, analgésico , diurético, sedativo, adstringente e cicatrizante.

Benefícios da erva de São João.

A erva de São João ou erva de São João tem muitas propriedades que acabam por beneficiar o organismo de várias formas; isso é ideal para tratar algumas doenças que geralmente não são curadas com remédios farmacêuticos. A seguir, explico cada uma das situações em que você pode usar esta prata:

Você também pode estar interessado em .. Fumaria officinalis. Propriedades da planta na folha e extrato

Ansiedade e depressão.

A erva de São João é ótima para tratar insônia, nervosismo, irritabilidade, ansiedade e depressão leve. Desde a época dos gregos, a erva de São João era usada para curar essas enfermidades e, portanto, evoluiu até os dias de hoje. É importante que você saiba que a planta deve ser consumida com a supervisão de um profissional que avalia a dose e a progressão com que você irá utilizá-la.

Menopausa.

A erva de São João pode ser usada para aliviar os desconfortos causados ​​pela menopausa, que acabam mudando o humor da mulher que os sofre. Pode ser consumido em infusão e, assim, suas propriedades serão utilizadas até mil por cento.

Dores de cabeça.

Qualquer pessoa que sofra de enxaqueca, enxaqueca ou dor de cabeça, pode usar a erva de São João como um aliado natural fantástico que alivia a dor e promove uma melhora notável. Outras plantas ideais para este tipo de doenças são: hortelã, achiote e matriarca.

Gastrite.

Em casos de dor de estoma, indigestão, azia, gastrite ou azia, a infusão de erva de São João é maravilhosa de ingerir após cada refeição e consegue um efeito fabuloso que relaxa e elimina qualquer desconforto.

Erva de São João para veias varicosas.

Já para as varizes, a erva de São João pode ser usada externamente ou topicamente, pois ambas as opções melhoram a circulação e reduzem as veias. Isso também pode ser aplicado em banheiras de hidromassagem como infusões relaxantes e curativas.

Burns.

As queimaduras também podem ser aliviadas com erva de São João; As infusões preparadas com esta erva devem ter uma temperatura ligeiramente fria para aliviar a queimação ou a dor, geralmente aplicadas com compressas limpas ou gaze, durante vinte minutos.

Deixar de fumar.

A erva de São João é indicada para quem deseja parar de fumar, pois acalma a ansiedade, o nervosismo e a tensão provocados pela nicotina, que é altamente viciante.

Você também pode estar interessado em .. Yerba Mate e seus benefícios para a saúde

Alivie a ciática.

Se você quiser aliviar a ciática naturalmente, precisará usar o óleo essencial de grama na área afetada, para massagear e curar a dor. A dor nas costas também pode ser curada com a erva.

Edema muscular e dores nas articulações.

Finalmente, pode-se dizer que a erva de São João é fantástica para eliminar ou reduzir dores nas articulações ou músculos. Graças aos seus efeitos analgésicos e antiinflamatórios, a planta torna-se a aliada perfeita para reduzir a inflamação de qualquer zona.

Formas de uso

A erva de São João, ou erva de São João, tem dois usos que são aplicados em diferentes situações. Para que você saiba exatamente as aplicações que são dadas à erva, você precisará ler as informações que ofereço abaixo:

  • Internamente

Nessa modalidade, a erva de São João é geralmente consumida em infusão. Para preparar a infusão, você deverá adicionar uma colher de sopa de flores secas em 200 ml de água, esta deve estar fervendo para um melhor efeito.

Em seguida, tampe a panela ou xícara e deixe descansar por 5 minutos. Finalmente, coar a mistura e beber enquanto esfria. Outra das formas existentes de tomar a erva de São João é com tintura; É um preparado altamente concentrado que deve ser diluído em gotas em um copo de água.

  • Externamente:

O uso externo de hypericum geralmente é feito com óleos ou usando a infusão preparada. Em ambos os casos, é aplicado localmente com uma massagem suave, compressas ou gazes que se impregnam com a infusão.

Hypericum

Não importa a maneira que você escolher para usar a erva de São João, porque a questão é que esta erva medicinal é fantástica para curar doenças e muitas outras coisas. Leve em consideração seus diversos usos e aplique-os à sua vida para que seus dias sejam um pouco mais fáceis e você não se veja preocupado com qualquer tipo de condição.

Você também pode estar interessado em .. Yarrow: propriedades medicinais e usos

Contra-indicações

Embora a erva de São João tenha muitas propriedades benéficas para o corpo, é importante que você saiba que seu consumo durante a lactação ou gravidez geralmente afeta a saúde do bebê.

Além disso, você precisa saber que tomar a erva de São João como antidepressivo pode causar uma reação secundária quando misturada com outras pílulas.

A erva de São João interage com efeitos adversos entre outros medicamentos com benzodiazepínicos alprazolam, outros medicamentos para transtornos de ansiedade, medicamentos para HIV, alguns medicamentos usados ​​em caso de câncer, pode interagir com narcóticos, como opióides e com qualquer medicamento que seja metabolizado no fígado Por esse motivo, se você toma medicamentos, deve consultar o seu médico assistente.

As plantas medicinais devem ser utilizadas com a supervisão de um médico especialista, pois ele lhe dará as informações ideais para tomá-las e saber o momento perfeito de consumo.

IMPORTANTE : Estas informações têm como objetivo complementar, não substituir, o conselho de seu médico ou profissional de saúde e não se destina a cobrir todos os possíveis usos, precauções, interações ou efeitos adversos. Essas informações podem não se adequar às suas circunstâncias de saúde específicas. Nunca atrase ou ignore a busca de aconselhamento médico profissional de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado por causa de algo que você leu sobre coisas ecológicas. Você deve sempre falar com um profissional de saúde antes de iniciar, interromper ou alterar qualquer tipo de tratamento.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais