John Seymour: o pai da autossuficiência

John Seymour é uma daquelas personalidades que pode ser usada para tudo. Pode-se ler sobre ele que foi aventureiro, ecologista, ativista da autarquia, intelectual, homem do mundo, amigo inseparável, ... sei lá! Eu até li que ele era um defensor do stalinismo, suponho que pelo simples fato de que John Seymour defendia a autossuficiência do indivíduo e Stalin a autarquia de seu país. Assim, poderíamos continuar para sempre apenas procurando facetas de sua vida e enfatizando cada uma delas.

John Seymour foi uma personalidade e tanto e hoje é seguramente a maior referência (internacional, aqui está o Lorenzo Mediano) para quem procura um estilo de vida mais simples. Não quero fazer uma biografia típica com uma sucessão de datas e informações sobre esse personagem. No entanto, é verdade que suas experiências marcariam seus passos futuros e suas ideias. Depois de estudar agricultura viajou para a África do Sul onde desenvolveu trabalhos ligados à agricultura, pecuária e pesca. Quando a Segunda Guerra Mundial estourou, ele decidiu se juntar ao lado dos Aliados, ficando muito decepcionado com os bombardeios de Hiroshima e Nagasaki. Morou alguns anos com a esposa em um navio, viajando o mundo de porto em porto (já vimos como tem gente que faz isso hoje) até que decidiram comprar um terreno com uma casa.

John Seymour: O Pai da Autossuficiência 1Ele defendia a autossuficiência, ou seja, ser o suficiente consigo mesmo para viver. Esse termo foi amplamente difundido entre outros por sua escola de autossuficiência, que ensina como viver no campo. De acordo com John Seymour, não há maior prazer do que produzir as coisas de que você precisa para viver. Pessoalmente, o termo autossuficiência parece mais correto, ou seja, dar-se o que precisa. O homem é um ser social e, como tal, precisa dos outros. Essa necessidade não precisa ser motivada pela economia, pode ser também intelectual ou de qualquer outro tipo. Como disse Carlos Martínez na entrevista, os camponeses são solidários porque, precisamente pela natureza deste tipo de trabalho e vivência, existem muitos momentos em que a ajuda é útil.

Também pode interessar a você .. Cultive um jardim e viva mais

John Seymour: O Pai da Autossuficiência 2A autossuficiência leva a não precisar de ninguém, algo com que não concordo. De qualquer forma, John Seymour também era um ambientalista convicto, algo de lógica avassaladora para qualquer pessoa com suas ideias. Na verdade, ele trabalhou ativamente pela defesa da natureza em seu país. Mas talvez o maior legado que esse homem nos deixou foram suas publicações sobre autossuficiência e todas as áreas da vida no campo. Foram vendidos em massa e deram indicações a algumas gerações de como enfrentar uma vida que para muitos já é desconhecida, graças à vida urbana cada vez mais difundida. A partir daqui quero prestar minha pequena homenagem a este homem que teve a virtude de inspirar tantas pessoas com uma vida melhor para todos, mais sustentável, saudável e com respeito à natureza.Também por tantos bons conselhos.

John Seymour na Wikipedia //es.wikipedia.org/wiki/John_Seymour

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais