Alternativa ao plástico com folhas de bananeira

Tecidos, calçados e embalagens são alguns dos usos e produtos que estão sendo desenvolvidos a partir da bananeira ou da bananeira.

A versatilidade desse material possibilitou hoje a fabricação de pratos compostáveis ​​e descartáveis ​​graças a uma empresa empreendedora do Peru.

A startup Chuwa Plant, idealizou um método para fazer pratos com papel celulose à base de folhas de bananeira e papelão. O material resultante é à prova d'água, sendo resistente a líquidos e a várias temperaturas.

Este recurso também evita que a gordura dos alimentos danifique o prato.

Ao final de seu uso, em condições adequadas, o prato pode degradar-se naturalmente em não mais de 60 dias. Feito da terra, ele retorna à terra, completando seu ciclo de vida.

Alternativa ao plástico com folhas de bananeira 1

A iniciativa também reúne pequenos produtores da Amazônia peruana para aproveitar o subproduto do cultivo da banana.

Alternativa ao plástico

A solução criada por esta startup peruana pode ser uma alternativa ao uso de placas plásticas descartáveis, principalmente as feitas de espuma de poliestireno.

Este tipo de embalagem é amplamente utilizado e procurado e hoje constitui um problema ambiental que tem levado inclusive à proibição de seu uso em cidades como Nova York nos Estados Unidos da América.

Por outro lado, o cultivo da bananeira ou bananeira como gostamos de chamá-los gera uma grande quantidade de toneladas de troncos e folhas que normalmente se compostam simplesmente, agora podemos aproveitá-los com este uso evitando a geração de muito plástico.

Por mais que haja um movimento forte para eliminar o uso de descartáveis, ainda haverá momentos em que tais utensílios serão necessários. Nestes casos, uma solução compostável é preferível a qualquer bioplástico.

Você também pode estar interessado em .. Graffiti ecológico
  • Alternativa ao plástico com folhas de bananeira 2
  • Alternativa ao plástico com folhas de bananeira 3
  • Alternativa ao plástico com folhas de bananeira 4
  • Alternativa ao plástico com folhas de bananeira 5

A ideia foi apresentada em forma de projeto, denominado Bio Plant, durante o concurso Bio Challenge, no Peru. A iniciativa foi uma das vencedoras, que ajudou a financiar a fabricação de máquinas especializadas que garantem a possibilidade de criar 50 mil pratos por mês.

Além dos pratos, a startup também passou a fazer talheres feitos com caule de banana e farinha de trigo.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais