Plantas abortivas: quais são as ervas medicinais a evitar na gravidez

Antes de entrar totalmente nas plantas abortivas, como sabem os leitores regulares deste site, muitas vezes nas recomendações de plantas medicinais e outros remédios naturais, dedicamos um espaço aos possíveis efeitos adversos ou contra-indicações de alguns destes medicamentos.

Em geral, aconselhamos sempre que durante a gravidez tenha muito cuidado com os medicamentos, tanto naturais como farmacológicos.

E recomendamos sempre que nestes casos consulte um médico, neste caso um ginecologista, que conhecerá os riscos associados a determinados medicamentos, alimentos, plantas e suplementos para a saúde.

O que são plantas abortivas?

A seguir está uma lista de plantas com alto índice de efeitos abortivos e anticoncepcionais, e que sim ou sim devem ser evitados em caso de gravidez, pois podem acabar com ela.

Não é uma tarefa fácil indicar o grau de perigo de uma planta, pois existem outros fatores que entram em jogo (saúde da mulher, genética, reações, etc.), mas é importante, para evitar qualquer risco, tenha em mente esta lista de plantas contraceptivo e abortivo. Conhecer essas plantas é uma das formas eficazes de minimizar os riscos.

plantas contraceptivas e abortivas

Plantas abortivas e / ou anticoncepcionais

Rue. Sabe-se que a arruda é uma das plantas abortivas mais potentes, por isso deve ser evitada na gravidez, seja na forma de infusão ou no consumo direto da planta.

Colocasia. A colocasia esculenta, planta da qual se obtém um tubérculo muito utilizado na Índia e utilizado como planta ornamental, tem conhecidos efeitos abortivos, pelos quais se recomenda evitar o seu consumo ou de alimentos à base de seu tubérculo.

Você também pode estar interessado em .. Yerba Mate e seus benefícios para a saúde

Salsinha. A salsa é outra daquelas plantas abortivas que representam um risco em grandes doses, embora em pequenas doses dietéticas não represente um risco real. Também não é recomendado para a amamentação.

Absinto. Ao ativar o fluxo sanguíneo uterino, o absinto apresenta sérios riscos às mulheres grávidas, pois pode levar a abortos espontâneos.

Alcaravia. Esta planta e suas sementes apresentam riscos abortivos em altas doses de suas sementes, ou em produtos concentrados.

Boldo. Um dos princípios ativos do boldo, que ele compartilha com o absinto e a arruda, é a tujona, cujas doses podem causar problemas no parto espontâneo.

Anis verde, cominho e erva-doce. Como o cominho, eles apresentam riscos abortivos em altas doses ou em produtos concentrados.

plantas abortivas eficazes

Artemisias. Todas as plantas dessa família, formadas por quase 1.500 espécies diferentes, apresentam risco e são consideradas abortivas, principalmente pelo alto teor de cetonas.

Tansy. O Tanacetum Vulgare ou tansy tem uma concentração muito alta de tujona, o que representa um risco muito grande para mulheres grávidas.

Bolsa de pastor. Altera os períodos menstruais, portanto é considerada de risco também em caso de gravidez.

Lapacho rosa. O Handroanthus impetiginosus, conhecido como lapacho rosa, é uma planta presente em toda a América Latina. É uma planta altamente abortiva, portanto seu consumo não é seguro mesmo em pequenas doses durante a gravidez.

Marrubium sp. e Ballota sp. São duas plantas comumente chamadas de marroio . Eles são altamente abortivos e afetam o período menstrual.

Urtiga verde. Deve ser evitado durante a gravidez, pois é supostamente arriscado. Não estão comprovados, mas em todo o caso é melhor evitar o risco.

plantas abortivas

Outras plantas proibidas na gravidez

Esta é uma lista de algumas plantas que podem representar um risco, mas não é tudo.

Você também pode estar interessado em .. Óleo de Jojoba, Benefícios, Usos e Contra-indicações

Existem outras plantas, típicas de algumas regiões específicas, com propriedades ou efeitos semelhantes, pelo que deve consultar um médico antes de iniciar um tratamento à base de plantas medicinais porque podem ser abortivas ou seguras se estiver grávida.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais