Em breve seremos todos plásticos

Degradação do plástico nos oceanos, Poluição silenciosa.

Este é um artigo de 2011, reescrito em 2019

Muitos acham que o plástico é indestrutível, mas hoje sabemos bem que é algo que vimos com os próprios olhos, que principalmente o plástico que vai parar nos oceanos se decompõe, se quebra e se fragmenta, liberando substâncias e gerando o que hoje chamamos de microplásticos. e que em 2011 não tínhamos ideia, mas hoje todos ouvimos falar deles.

À medida que os plásticos se fragmentam, eles começam a se decompor no oceano no primeiro ano, liberando bisfenol A (BPA) e outros produtos químicos na água.

Além de afetar os animais, também afeta a vegetação aquática por impedir a passagem da luz solar.

Em breve seremos todos de plástico 1

BPA ou bisfenol A

Até hoje, quase nenhum curso de água analisado não consegue encontrar esse retardador de chama, embora hoje muitos plásticos sejam fabricados com outros retardantes.

Esse poluente altera o funcionamento de vários hormônios e causa problemas na reprodução dos animais. O bisfenol foi a primeira vez que uma relação direta entre a decomposição do plástico e os produtos tóxicos de sua degradação na água do mar foi estabelecida e demonstrada.

Como o plástico se degrada no mar

Muitos plásticos chegam ao mar pelos rios, outros pelo ar e outros até mesmo diretamente das costas, praias, etc.

Uma vez lá o plástico tende a flutuar, todos sabemos que pelo que fica na superfície, dependendo de quais áreas do globo, a água pode ser bastante quente.

Você também pode estar interessado em .. Dê um toque natural à sua casa

E isso, mais a ação do sol e dos sais, faz com que o plástico se degrade o plástico muito mais rápido do que em terra, claro, também há plásticos como sacolinhas ou bandejas de isopor que são usados ​​tanto que se degradam muito rapidamente de pos sim.

Em breve seremos todos de plástico 2

Todo esse plástico que chega ao oceano além de degradar e poluir acaba matando animais que ingerem sem saber ou acabam presos no lixo plástico.

Os estômagos desses animais não são capazes de decompor materiais plásticos, por isso eles permanecem ocupando espaço em seus estômagos e impossibilitando sua alimentação adequada e o animal acaba morrendo de fome.

Em breve seremos todos de plástico 3

The Plastic Island

Devido às correntes oceânicas, uma grande quantidade de plástico que flutua se juntou e formou uma ilha de grandes proporções no meio do Pacífico.

Uma espécie de sopa de pequenos fragmentos de plástico flutuando no oceano.

As dimensões variáveis ​​desta "sopa de plástico" são realmente alarmantes, medindo 1,6 milhões de quilômetros quadrados, o que equivale à soma das superfícies da Espanha, França e Alemanha.

Nessa grande sopa, acumulam-se 1,8 trilhão de pedaços de plástico, que pesam 80.000 toneladas.

Esses números são quatro a dezesseis vezes maiores do que as estimativas anteriores. 92% da massa é representada por objetos maiores; enquanto apenas 8% da massa está contida em microplásticos, definidos como peças menores que 5 milímetros.

Em breve seremos todos Plásticos 4

De acordo com as Nações Unidas, a poluição do oceano mata mais de um milhão de aves marinhas todos os anos e 100.000 mamíferos aquáticos. Seringas, cigarros e escovas de dente foram encontrados no estômago de muitos animais mortos.

Você também pode estar interessado em ... As 10 campanhas ambientais mais eficazes do mundo

Microplásticos

Já falei sobre isso no passado e deixo para vocês um vídeo que fiz sobre isso, mas basicamente já consumimos cerca de 5 gramas de plástico por ano e está aumentando, então o título deste artigo já é uma falácia porque já estamos parcialmente Plástico.

Como únicos responsáveis ​​por todo aquele plástico, devemos começar a não usar plástico para tudo o que não é realmente necessário.

Além de cuidar de coletar e tratar adequadamente todo o plástico que já lançamos no meio ambiente.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais