5 maneiras de reutilizar saquinhos de chá

Como vocês sabem, na última vez insisto no conceito de reaproveitamento, pois em muitos casos é mais ecológico que reciclar, requer pouca ou nenhuma energia, são utilizados processos que não precisam de muita tecnologia, tem muitos produtos que não são reciclados, por não ser lucrativo. No entanto, muitos podem ser facilmente reutilizados evitando a compra de novos produtos para esse uso específico e, por último, mas não menos importante, economizamos algum dinheiro.

5 maneiras de reutilizar saquinhos de chá 1

Hoje trago para vocês um exemplo de algo que normalmente se usa muito, como saquinhos de chá ou infusões (se usarmos diretamente folhas de chá ou infusões muito mais ecológicas e baratas, essas dicas também funcionam). Algumas das formas de reutilização podem ser complementares para que possamos fazer 2 ou três coisas diferentes com o mesmo saquinho de chá.

Primeira opção, chá ou infusões e plantas: As plantas adoram comida e os resíduos do chá (a partir de agora só colocarei chá mas também podem ser infusões, chá verde, chá vermelho, erva-mate etc.) são um excelente alimento para as nossas plantas, pelo que podemos utilizá-los em várias As formas podem ser misturadas diretamente na terra, ou enterradas, podem ser utilizadas como manto vegetal, que também como já vimos outras vezes regamos, quebramos e cobrimos a superfície da terra com as folhas do chá, senão Usamos saco, esvaziamos diretamente o recipiente das folhas na panela, outra forma é fazer um segundo chá, que sai fraco, aguado mas não é para nós; A gente espera esfriar e usa pra regar, também quando sobra a gente esquece o copo ali, fica frio e pode até pegar fungo,Em vez de jogar na pia, dê às suas plantas que verá que ele gosta mais de você do que dos ingleses. Outra opção é usá-lo diretamente no composto, pois o chá contribui com vários minerais para a terra.

Você também pode estar interessado em .. Como fazer um jardim de plantas aromáticas e medicinais

Segunda opção, desodorante de geladeira : colocamos vários sacos em um recipiente onde possam respirar, pode ser por exemplo um recipiente de manteiga velho, no qual faremos vários furos e colocaremos o chá dentro, isso vai absorver também os odores ruins da geladeira podemos usar bicarbonato de sódio para esse fim, mas o chá usado é de graça.

Terceira opção, tratamentos para a pele, bolsas nos olhos, picadas de insetos, antiinflamatórios . O chá contém uma pequena parte de ácido tânico que atua como antiinflamatório, o que o torna útil para todos os usos citados; Sempre podemos ter um saco na geladeira, para usar em caso de necessidade, com o que estaríamos dando dois usos, pois também capturaria maus odores como vimos no ponto anterior.

Quarta opção, tingimento de tecidos : durante séculos, é usada para tingir tecidos. Dá ao tecido branco uma tonalidade como antigo ou sépia, que pode ser bastante frio. Os saquinhos de chá também são usados, para brancos cinzentos ou para apimentar um projeto de artesanato, acho que pode até servir para tingir madeira. Tem até quem usa chá para tingir os cabelos, como já mencionamos no artigo Eu pintei seus cabelos com chá.

Quinta opção, fazer mais chá : bom o processo é simples, fazemos o chá, guardamos o saquinho, fazemos um segundo chá e separamos novamente os saquinhos, quando chegar a hora de fazer o terceiro ao invés de pegarmos outro saquinho da caixa, usamos as duas sacolas reservadas, com as quais economizamos um terço delas, se passarmos, por exemplo, 3 caixas por mês, fazendo algo tão simples, como proposto, gastaríamos apenas duas, e uma vez reutilizadas, podemos utilizá-las novamente, por exemplo para as plantas, como vimos no primeiro caso.

Você também pode estar interessado em .. Plantar em garrafas de plástico

Se conhece mais utilizações, deixe-nos o seu comentário, se já experimentou, também estamos interessados ​​em conhecer o seu ponto de vista.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais