7 anos depois, o último McCombo vendido na Islândia ainda está quase intacto

O McDonald's fechou na Islândia em 2009, o último McCombo que foi vendido foi colocado debaixo de um sino de vidro no Museu Nacional da Islândia, pensando que duraria no máximo um ano em exposição, porém os anos passaram e continuou sem apodrecer ou desfigurar mofado, na verdade ainda era quase igual ao primeiro dia.

Aparentemente, as dezenas de conservantes que a empresa coloca nesta junk food funcionam para o hambúrguer e não é comido por bactérias.

último mcdonalds

Atualmente o museu deu o famoso hambúrguer com suas batatas fritas para um albergue feito de ônibus em R eykjavik. No Hostel o hambúrguer e suas batatas fritas ficam expostos em frente a uma webcam, onde todos podem ver ao vivo seu processo de decomposição extremamente lento.

O último dia em que o McDonalds abriu suas portas na Islândia foi 31 de outubro de 2009, fechando para sempre devido à grande crise econômica que o país passou e as baixas vendas da rede.

Naquele dia, um homem chamado Hjortur Smarason comprou um Mc Combo como souvenir. Smarason não tinha intenção de comê-lo, mas queria ficar com ele por curiosidade e porque o via como um pedaço da história.

Ninguém poderia imaginar naquela época que quase 8 anos depois aquela suposta refeição seria uma atração que centenas de pessoas assistem tanto online quanto pessoalmente quando visitam Reykjavik.

Eu me pergunto, todos nós sabemos que a comida do McDonald's é lixo, mas será que eles precisam colocar tantos conservantes em uma comida que deveria ser feita e vendida no momento?

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais