Tudo sobre a dieta mediterrânea

A UNESCO considerou a dieta mediterrânea um Patrimônio Mundial há mais de 5 anos. Não se concentra apenas nos produtos que o compõem, mas no tipo de vida que isso acarreta. Aderir a essa dieta significa que o corpo ficará nas melhores condições possíveis.

Por Nutrição Sem Mais

A origem deste estilo único tem origem nos territórios que ao longo da história fazem parte do Mar Mediterrâneo. Baseia-se no alto consumo de alimentos vegetais e gorduras monoinsaturadas, bem como no consumo moderado de carboidratos e carnes. A isso se soma a prática regular de exercícios, a diversão com a família e amigos e a compreensão de que a vida é o mais importante.

Essa dieta é uma das melhores alternativas no mundo para emagrecer de acordo com especialistas na área nutricional. Também aumenta a resistência a doenças cardíacas, diabetes e morte prematura.

Que tipos de alimentos o compõem?

Deve ser entendido que, em primeiro lugar, apenas produtos saudáveis ​​que não foram processados ​​podem ser consumidos. A variedade é muito grande para que cada pessoa se adapte a esta dieta de acordo com os alimentos que lhe são preferidos:

  • Gorduras saudáveis: óleo de abacate, azeite de oliva extra virgem.
  • Legumes: Couve, tomate, brócolis, cenoura, pepino e espinafre.
  • Ervas e especiarias: alecrim, gengibre, pimenta, canela, cúrcuma e alho.
  • Frutas: abacates, tâmaras, morangos, figos, bananas, uvas, maçãs e laranjas.
  • Ovos
  • Produtos lácteos: queijo e iogurte.
  • Legumes: feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e feijão.
  • Peixes e frutos do mar: amêijoas, mexilhões, camarões e peixes gordurosos.
  • Carne de frango: pato, frango, peru e frango.
  • Tubérculos: batata doce, nabo e batata.
  • Grãos inteiros e derivados inteiros
  • Nozes e sementes: avelãs, nozes e amêndoas.
Você também pode se interessar por .. Pintura caseira e natural

MF

Quais não são permitidos?

Nenhum dos seguintes alimentos deve fazer parte de sua dieta se você quiser seguir um estilo de vida saudável e seguir as diretrizes da dieta mediterrânea:

  • Açúcares adicionados: doces, sucos de frutas, sorvetes e refrigerantes.
  • Carnes processadas: cachorros-quentes, frios e carnes pré-cozidas e embaladas.
  • Óleos refinados de vegetais e sementes: soja, semente de uva, canola, girassol e óleo de milho.
  • Gorduras trans: margarinas, pastéis industriais e salgadinhos.
  • Alimentos processados: qualquer produto feito em uma fábrica.
  • Cereais refinados: massa branca, arroz e pão branco e farinha de trigo branco.

Quais bebidas são permitidas?

Essa dieta tem como foco o consumo de água, já que a água é a bebida mais saudável que existe para o corpo humano. Também pode ser acompanhado com vinho tinto, cujos efeitos são amplamente comprovados, visto que tem um grande número de benefícios para a saúde, desde que seja consumido com moderação. Chá e café são permitidos igualmente, mas em doses muito pequenas.

Ao contrário, bebidas carbonatadas e açucaradas não são permitidas, que são muito prejudiciais ao organismo.

Com todos estes produtos poderá realizar uma alimentação personalizada, sempre acompanhada de exercício físico. Com o passar das semanas, você se sentirá muito melhor e seu corpo estará em ótimas condições.

MF 2

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais