Dicas para ecoturismo

Temos testemunhado sinais de melhorias no ecossistema global devido ao isolamento social a que os seres humanos foram submetidos pela pandemia de Covid 19. 

Os animais tomaram conta (ou melhor, “recuperaram”) as ruas e as praias, o céu estava mais azul, as vistas desobstruídas da poluição. Isso realmente vai nos ensinar? Esperamos muito dos governos, mas

O que podemos fazer individualmente para mudar a maneira como vivemos?

O turismo produz 8% dos gases tóxicos em todo o mundo, mas por sua vez representa 10% do PIB. Os turistas são os grandes responsáveis ​​pela poluição do planeta e isso pode ser mudado.

Temos que estar cientes de que podemos reverter a forma como nos comportamos em relação ao ecoturismo, comprometidos com a mudança para um estilo de vida mais sustentável.

Como fazê-lo? - Neste pequeno post, queremos dar a você algumas idéias que têm potencial para melhorar a situação atual com as mudanças climáticas.

Dicas para ecoturismo 1

Turismo local

O turismo local permite economizar em combustíveis fósseis como os dos aviões e assim fazer uso de outros meios de transporte que gerem menos danos ao meio ambiente, como ônibus, barcos ou, melhor ainda, bicicletas.

Sabemos, por exemplo, que os cruzeiros estão entre os maiores fatores de poluição do mundo: vamos evitar essas grandes embarcações e criar rotas mais amigas do planeta.

Até o carro tem um efeito menor que o avião nas distâncias que podem ser percorridas por terra.

Você também pode estar interessado em .. Máscaras de coronavírus piores que sacolas plásticas

O turismo ecológico também oferece um uso equilibrado de recursos para as comunidades locais que tem impacto na melhoria de sua qualidade de vida: águas limpas, solos reutilizáveis ​​e maior disponibilidade de energia.

Existem diferentes tipos de energias renováveis ​​nas quais é necessário investir, tais como solar, eólica, hidráulica e outras. Visitar locais que façam uso dessas energias é incentivar o seu desenvolvimento.

Lixo

É sabido que os turistas deixam muito lixo por onde passamos.

As praias estão cheias de plástico, que não é só lixo das grandes indústrias, mas sim sacolas, garrafas, chinelos, bitucas de cigarro e um monte de coisas que a gente só deixa na areia e chega ao mar.

Também quando visitamos florestas e trilhas em parques naturais, podemos descobrir que muitas pessoas esquecem coisas como fraldas, latas, baterias: produtos cuja degradação leva muitos e muitos anos.

Devemos estar cientes dos danos que causamos onde quer que vamos.

Cuide dos recursos naturais

Há já algum tempo, muitos hotéis aconselham o uso de toalhas mais de uma vez, pois o consumo diário de água para a lavagem é excessivo.

Bem, também devemos estar atentos ao consumo de eletricidade, desperdício de alimentos (especialmente em hotéis), uso excessivo de ar condicionado ou aquecimento, e assim por diante.

Pequenas coisas podem mudar o mundo.

Respeite os ecossistemas

Existem muitas oportunidades em que os turistas são tentados a consumir ou fazer coisas que ameaçam os ecossistemas: caça de espécies protegidas, consumo na forma de lembranças de recursos não renováveis, lixo jogado no mar por navios de cruzeiro, etc. são atos que afetam de forma prejudicial ao meio ambiente.

Você também pode estar interessado em .. Ecossistemas aquáticos e marinhos

Não participar deles é uma regra de ouro. Todos nós podemos trabalhar para melhorar a situação que temos hoje com as mudanças climáticas. Esperamos que este pequeno post o ajude a ficar mais ciente da próxima vez que você puder viajar após o término do COVID-19. 

Obrigado aos nossos amigos do asimejor.com por nos ajudar a escrever este post!

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais