Estudos mostram que abraçar árvores faz bem à saúde

Este ato simples pode ajudar a tratar a depressão, dores de cabeça, hiperatividade e déficit de atenção.

menina-abraça-árvore

Pode parecer uma coisa meio maluca ou hippie, mas os benefícios para a nossa saúde gerados pelo simples ato de abraçar uma árvore e entrar em contato com ela estão cientificamente comprovados. Esse foi um dos tópicos abordados por Matthew Silverstone, em seu livro "Blinded by Science".

Neste post, Silverstone explica como o ato de abraçar árvores impacta o corpo humano. De acordo com diversos estudos acadêmicos por ele utilizados, é uma questão de vibração. Tudo vibra com intensidades e formas diferentes, o que afeta todos os sistemas biológicos, inclusive o nosso.

Para entender melhor como isso funciona, o autor usa o exemplo da água. Ao beber um copo d'água, que tem uma vibração de 10 Hz, a vibração do sangue é imediatamente afetada. O mesmo se aplica ao contato com a natureza, especialmente pelo toque.

Estudos demonstraram que essa influência contribui para a melhoria da saúde e pode ajudar a tratar doenças comuns, como depressão, dores de cabeça, hiperatividade e déficit de atenção.

Essa troca de vibrações também parece ser uma explicação bastante plausível para a influência positiva que andar no parque, cuidar do jardim ou plantar uma horta tem no humor das pessoas.

Recomendado

Gengibre, propriedades, benefícios, cultivo e como usá-lo para perder peso
Menta: os benefícios impressionantes desta planta
Chia, usos, propriedades contra-indicações e muito mais